Home / Notícias / CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE
CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Realizou-se no último dia 12 de abril a 3ª Conferência Municipal de Saúde, que reuniu representantes dos bairros, debateu e votou propostas, como ainda elegeu delegados à conferência regional.

Nos meses de março e abril aconteceram as pré-conferências. Representantes eleitos nos bairros Barra do Ribeira, Icapara, Itimirim, Jairê, Rocio e Centro foram os responsáveis por fazer a ponte entre a população e os agentes de saúde, a fim de reunir as propostas de seus núcleos.

Na abertura do encontro, o prefeito Wilson aproveitou o momento para prestar contas sobre o orçamento municipal destinado à Saúde, previsão e gastos, como esclarecer questões pertinentes e queixas mais comuns à área: dificuldades na contratação de médicos e em especial para certas especialidades, atividades dos Agentes Comunitários de Saúde, frota de veículos etc.

Durante a conferência foi enfatizada a importância das propostas aprovadas terem a chance de representar necessidades específicas do Vale do Ribeira nas Conferências Estadual e Federal.

Organizado por segmentos, o primeiro eixo levantado para orientar as propostas foi o de melhoria de acesso dos pacientes nas unidades de saúde. Entre os pontos levantados: melhorar estradas e aumentar o número de veículos de transporte para atendimento dentro e fora do município, assim como carros mais adaptados às equipes de saúde de acordo com a realidade dos bairros, além de ajuda de custo para os que usam carro e gasolina próprias.

Na diretriz de direito à saúde foram levantados pontos como: parceria com o Samu; uso de rios e “ambulancha” para acessos mais rápidos à comunidade ribeirinha; maior número de Pronto Socorro em bairros mais populosos; informatização do sistema de saúde; ampliação do programa Mais Médicos e parcerias com Universidades de Medicina para que cumpram período de estágio obrigatório em atendimento nas unidades de saúde municipais.

Diretriz de atendimentos especializados: reativar a Casa da Mulher; criar unidade de medicina preventiva; realizar mutirões de atendimento no intuito de diminuir filas e criar um Centro de Testagem e Aconselhamento em IST/Aids.

Diretriz sobre a garantia de atendimento integral: implantar hospitais especializados no Vale do Ribeira; possibilitar solicitação de exames aos clínicos da ESF; realizar coletas de sangue na zona rural; intensificar o Núcleo de Apoio à Saúde da Família; assegurar que exames sejam agendados no mesmo local; aumentar as equipes de saúde; reformar unidades de saúde; ampliar as farmácias da rede pública; ampliar o acesso a remédios de alto custo para a população; e mais capacitação e fiscalização aos profissionais de saúde, para melhor garantia de atendimento.

Diretriz sobre financiamento do SUS: postular que os repasses se dêem de acordo com necessidades dos municípios; lutar por mais emendas para aquisição de materiais que melhorem os trabalhos, como veículos e aparelhos para exames especializados; efetivação de seletivos para que profissionais não percam o vínculo com os cidadãos, assim como plano de carreira e bonificação para profissionais de zonas afastadas ou que tratam de materiais biológicos ou insalubres.

Votadas as propostas, foram eleitos os delegados de Iguape que representarão o município na Conferência Estadual, a realizar-se proximamente em Santos, etapa prévia à Conferência Nacional em Brasília.

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*